Projecto português reúne voluntários no Facebook

Foi lançada na quinta-feira 3 de Fevereiro, uma nova aplicação para o Facebook, que permite a reunião de voluntários em Portugal e na UE. O “Volunteerbook” faz uso da maior rede social do planeta para promover a participação de quem quer voluntariar o seu tempo a grandes causas.

A dinamizadora do projecto e também presidente do Banco Alimentar contra a Fome, Isabel Jonet, explica, em entrevista citada pela Agência Lusa, que a rede quer conseguir, utilizando o Facebook, partilhar ideias, acções e eventos de voluntariado de forma rápida e eficaz, ao maior número de potenciais voluntários possível. Para tal, alia-se o facto de o Facebook estar “perfeitamente estabelecido na comunidade virtual, especialmente nas camadas mais jovens” à Bolsa de Voluntariado, o maior site português do género, que serve como base. Esta Bolsa já tem centenas de instituições inscritas e conta com 16 mil pessoas dispostas a ajudar.

Como funciona

Quando o utilizador entra no “Volunteerbook”, consegue ver uma lista das acções de voluntariado que estão a recrutar, bem como, logo no centro da página, a opção de registo. Ao clicar em “registe-se”, é encaminhado para a Bolsa de Voluntariado que, como já foi dito, servirá de base para a aplicação. Depois do registo efectuado, pode começar a explorar a Bolsa, clicando nos eventos do Volunteerbook. Se preferir não se registar para já ou até mesmo se quiser ajudar, mas não como voluntário/a, pode sempre clicar no botão de “Gosto” de uma determinada iniciativa, partilhando a informação com os amigos do Facebook.

Mais abaixo, é possível ver quais os projectos que estão a ser dinamizados pelas universidades e, igualmente, por empresas privadas. Para já, existem apenas seis empresas registadas e 15 universidades com projectos de voluntariado. Voltando ao topo da página, três palavras-chave servem de menu intuitivo: Voluntários, Organizações e Acções de Voluntariado, sendo que, clicando em cada uma destas palavras, o utilizador é reencaminhado para a página da Bolsa de Voluntariado correspondente para efectuar o registo do seu projecto, organização ou vontade de ajudar.

Com a aplicação, será, espera a organização, mais fácil aos órgãos que necessitam de voluntários a possibilidade de encontrar pessoas qualificadas para o tipo de necessidades precisas, bem como ajudar as empresas e organizações a divulgarem os seus projectos de voluntariado.

Desta forma, todos ficam a ganhar: quem precisa de ajuda, consegue encontrar uma audiência interessada e, esperemos, com vontade de participar, e quem quer ajudar, mas não sabe por onde começar, tem ao seu dispôr um vasto leque de opções. Melhor: com a oferta e procura toda situada num local com a visibilidade que o Facebook oferece, será mais fácil para muita gente colocar os seus saberes a bom uso e, no caso das instituições, encontrar pessoas mais qualificadas para ajudar em casos específicos. Agora, já não há desculpa para não ajudar neste que é o Ano Europeu do Voluntariado.

in blog “Nós na Rede”  da autoria de Daniela Espírito Santo. Este blog pertence aos blogs do Jornal de Notícias.

Anúncios